No próximo dia 31/01 o Nova Iguaçu FC participará pela primeira vez em sua história da Copa do Brasil, para um clube fundado em 1 de abril de 1990, participar tão precocemente de uma das maiores competições do país é motivo de grande orgulho para muitos na cidade que tem o time como o segundo amor no futebol.

O time já vem fazendo um bom papel no campeonato estadual a alguns anos, incomodando aos grandes do rio com seu time valente mesmo com poucas estrelas, mas não por isso inferior em garra e vontade.

O tetra campeão Zinho, hoje comentarista esportivo, além de ter jogado no clube no fim da carreira e inclusive convidado seu amigo Edmundo (Sim, o Animal) para fazer parte da equipe (jogou dois jogos), é uma das figuras mais notórias nessa história, outros jogadores também saíram do Laranjão e hoje estão por ai.
Aírton – Ex-Flamengo, Botafogo, Benfica e atual Fluminense, foi a maior negociação da história do clube.
Deivid – Hoje técnico e ex-atacante do Cruzeiro, Santos, Flamengo, Coritiba, Fenerbahçe começou lá.
Cortês – Campeão da Libertadores pelo Grêmio é outro que tem sua trajetória iniciada na Laranja Mecânica da Baixada.

Muitos outros ainda fazem parte dessa distinta trajetória no futebol dos milhões em contratações, que as vezes esquece que ali no clube da cidade tem muita gente lutando pra chegar no topo. No próximo dia 31, a história ganha mais uma página e com ela o pequeno time de Nova Iguaçu, mais uma vez mostrará para o Brasil que existe algo mais do que notícias policiais vindo da baixada Fluminense.