Botafogo vai bem. O bairro pelo menos. Porque o time de mesmo nome não vai bem das pernas há um certo tempo.

No Campeonato Carioca, o time de General Severiano não conseguiu chegar às semifinais, amargando recesso forçado, e agora foi eliminado da Copa do Brasil pelo Juventude, dando um gosto de repeteco de 1999. Dá para a gente tirar muita coisa daí. Muita coisa…

Final da Copa do Brasil 1999 – Juventude 2×1 Botafogo

A primeira que eu observo é do próprio futebol carioca. Somente o Flamengo dos ditos quatro grandes do Rio de Janeiro segue impondo nas quatro linhas o respeito de antigamente. Fluminense parece ter um projeto de voltar. Vasco e Botafogo amargam mais uma temporada incerta com elenco que não faz jus ao peso da camisa e técnicos que não transmitem confiança tanto para a torcida como para os jogadores.

Mas o Zé Ricardo está um fenômeno! Em seus trabalhos recentes, afundou três times, e o Botafogo parece ser o que mais sofre dentre eles, fazendo torcedores sonharem com os projetos dos irmãos Moreira Salles. Zé Ricardo disse que não querer deixar o Botafogo. Já o querer da diretoria e da torcida foi bastante claro. A piada de trocar técnicos com o Vasco correu pela internet, mas a conclusão geral é que pouco mudaria para os dois clubes.

Falando um pouco de Vasco, vem agora no fim de semana a primeira partida da final do Cariocão, o estadual mais charmoso do Brasil, com seu regulamento mais complicado do que endereço estelar na Nasa. Complicado também parece ser o entendimento do Alberto Valentim sobre futebol, e o time demonstra isso em campo faz um bom número de partidas. O elenco é dos mais modestos da história e vai enfrentar um dos elencos mais turbinados do Brasil. Enquanto Flamengo levará Everton Ribeiro, Diego e Gabigol, o Vasco vai de Yan Sasse, Bruno “grilhões no pé” César e teve um jogador do elenco cortado em uma crise interna com erro de todos os lados.

Valentim diz que o Vasco vai com mais moral para a decisão depois de sua vitória contra o Avaí na Copa do Brasil. Mas eu acho que ele não contava com uma goleada de 6 a 1 aplicada pelo Flamengo na Libertadores! A moral deve estar pendendo para o outro lado, que não tem motivos para poupar jogadores.

Vasco e Botafogo amargam crises. Mas o Vasco tem na final do Carioca uma oportunidade de dar um levante nos projetos para o Brasileirão. Se ganhar o carioca não parece fácil, o certo é que é clássico. O clássico! Então, Valentim, sem surto de maluco. Coloca o melhor em campo e mostra para os jogadores que você está com eles. Dá para vencer! Porque, se não conseguir pelo menos mostrar um bom Vasco da Gama nas finais do Carioca, o destino de Valentim seguirá no mesmo rumo que o Zé Ricardo atualmente. Afundar grandes times…

Novos rumos, novos ares, nova vida ao futebol do Rio de Janeiro, por favor. Vasco de Botafogo agradecem.