Na última terça-feira, o Corinthians foi eliminado pelo Flamengo e saiu nas oitavas de final da Copa do Brasil. O Rubro-Negro não teve vida fácil e teve pela frente um Corinthians determinado, que fez Diego Alves fazer boas defesas e acertou duas vezes a trave.

Apesar do resultado negativo, o Corinthians foi superior aos donos da casa, estando sempre rondando a meta de Diego Alves. No primeiro tempo, o Corinthians chegou com perigo em jogada individual de Clayson e com duas faltas de Sornoza (ambas defendidas por Diego Alves), além de uma bomba no travessão de Ralf.

No segundo tempo o jogo começou eletrizante, tanto que aos nove minutos, em boa finalização de Love, Diego Alves fez boa defesa. Precisando da vitória, o Corinthians partiu para cima e levou perigo com um belo chute de Michel Macedo, fora da área, aos 34 minutos. O Corinthians se postava bem, até levar o gol aos 41 minutos do segundo tempo e descartando qualquer chance de virada (no agregado 2×0 para o time da casa).

Querendo ou não o jogo da ida foi uma consequência da desclassificação. Na ocasião em que o Corinthians perdeu de 1×0, o técnico Fábio Carille abriu mão de dois volantes, deixando somente Ralf, e com dois centroavantes, Love e Gustagol. A bola não chegava em seus atacantes e acabou que perdeu por 1×0.

Na terça-feira vimos um Corinthians mais objetivo e ofensivo, obtendo as melhores chances do jogo porém, ineficiente na finalização. Se o Corinthians manter a postura que mostrou neste jogo e tem time para isso, podemos almejar a Sul-americana e uma boa posição no Campeonato Brasileiro.