Aproveitando as comemorações do mês da Consciência Negra, listamos aqui, alguns dos jogadores negros mais importantes da história do futebol:

10 – Samuel Eto’o
Jogador africano mais vitorioso da história, conquistou os títulos mais importantes na Europa, por clubes como Barcelona e Internazionale. Encerrou a carreira recentemente, em setembro de 2019, aos 38 anos.

9 – Abedi Pelé
Eleito por três vezes o melhor jogador africano de futebol, ícone do futebol no continente nos anos 80, também teve boa carreira no futebol francês. Também é pai dos jogadores da seleção, Jordan Ayew e André Ayew. Aposentou-se em 2000 no futebol árabe, aos 36 anos. Atualmente é dono de um clube da primeira divisão ganesa, o FC Nania.

8 – George Weah
Ninguém foi maior que George Weah no ano de 1995, ídolo do Milan e eleito o melhor jogador do mundo, aposentou-se em 2003 no Al-Jazira, atualmente é Presidente de seu país, a Libéria.

7 – Ruud Gullit
Meia cerebral de uma constelação, conhecida como seleção holandesa da década de 80 e início dos anos 90, Gullit também foi astro do Milan que dominou a Europa durante o período. Encerrou a carreira em 1996, no Chelsea.

6 – Lêonidas da Silva
Conhecido como o “Diamante Negro”, Leônidas foi simplesmente o inventor da bicicleta no futebol, mais do que o suficiente para estar na história do esporte. Também foi ídolo nos clubes Flamengo e São Paulo. Faleceu em 2004, aos 90 anos.

5 – Ronaldinho Gaúcho
O mago da bola reinou no futebol mundial nos anos de 2004 e 2005, após inúmeras conquistas com o Barcelona. Aposentou-se em 2018 e atualmente se apresenta em jogos-exibição ao redor do mundo.

4 – Didi
Maestro do primeiro título mundial da seleção brasileira em 1958, é considerado um dos maiores ídolos do Botafogo. Também teve grande passagem no Real Madrid. Apelidado de “Príncipe Etíope”, também teve destaque como treinador da seleção peruana na Copa do Mundo de 1970. Faleceu em 2001, aos 72 anos.

3 – Eusébio
Maior ídolo da história do Benfica, o “Pantera Negra” foi o grande destaque da seleção portuguesa na Copa do Mundo de 1966, melhor participação dos “patrícios” em copas. Eusébio ainda fez parte da comissão técnica até seu falecimento em 2014, aos 71 anos.

2 – Zizinho
Maior jogador brasileiro na Era pré-Pelé, Mestre Ziza, apesar de estar presente no fatídico Maracanazo, teve carreira brilhante em diversos clubes, entre eles Flamengo, Bangu e São Paulo. Após encerrar a carreira, trabalhou como Fiscal da Receita do Estado do Rio de Janeiro até seu falecimento em fevereiro de 2002, aos 80 anos.

1 – Pelé
O atleta do século XX dispensa apresentações, seus números e títulos falam por si só. Conhecido em qualquer lugar do mundo, o Rei do Futebol foi o maior fenômeno que um esporte já viu. Aposentou-se em 1977, após implementar o futebol nos Estados Unidos da América, foi Ministro do Esporte entre os anos de 1995 e 1998. Pelé é o maior ícone negro na história dos esportes em todos os tempos.