Após os grandiosos títulos do Brasileirão e da Libertadores, o Flamengo começa se mexer e pensar na próxima temporada. As definições das permanências ou não de Jorge Jesus e Gabriel, são o principal foco no momento.

A diretoria rubro-negra já deixou bem claro que não irá cometer nenhuma loucura no mercado. Os recentes boatos das sondagens por Cavani e Diego Costa ganharam forças. O atacante uruguaio é tratado como carta fora do baralho, já Diego Costa vive uma situação bem diferente. Naturalizado espanhol, mas bem brasileiro e torcedor do clube, o camisa dezenove do Atlético de Madri tem uma identificação com o Fla, manifestando constantemente o seu interesse de vestir o manto rubro-negro algum dia.

As limitações financeiras não permitem que o clube contrate os dois, será preciso fazer uma escolha, que já parece ter sido feita. Flamengo já abriu negociações com a Internazionale há tempos, o único empecilho está sendo nas tratativas com o próprio jogador e seu empresário. Rodolfo Landim e Marcos Braz tratam o negócio como bem encaminhado e permanecem confiantes, para a alegria da torcida.

Gabriel além de ser um dos principais jogadores do elenco atual e artilheiro do país, possui um enorme prestígio com torcedores e todos dentro da instituição. Um desfecho positivo não deixará ninguém por baixo, todos irão sair ganhando. Flamengo por ter um grande e jovem potencial dentro do plantel e Gabigol para continuar a levantar taças e figurar no mais alto cenário do futebol mundial. Por todos esses motivos e limitações nos cofres, um negócio com Diego Costa pode se tornar inviável.